Passeio de barco: Alcácer do Sal

Please follow and like us:

Setúbal possui vários lugares encantadores e conhecê-los num passeio de barco é uma maneira diferente de apaixonar-se pelo litoral alentejano. Uma das rotas mais procuradas é a de Alcácer do Sal.

Alcácer do Sal é uma das mais antigas cidades da Europa, é o segundo mais extenso concelho português. Fundada antes de 1000 a.C. pelos fenícios e como as cidades vizinhas Lisboa e Setúbal, fornecia sal, peixe salgado, cavalos para exportação e alimentos para os barcos que comerciavam estanho com a Cornualha.

passeio de barco

Mais tarde, com a invasão visigótica, voltou a tomar importância, sendo sede episcopal. Invadida pelos árabes, tomou o nome de Qasr Abu Danis, sendo, aí, construída uma das fortalezas mais fortes da Península Ibérica. Os vikings tentaram saqueá-la, mas sem sucesso.

Durante o domínio árabe, foi capital da província de Al-Kassr. D. Afonso Henriques conquistou-a em 1158. Reconquistada pelos mouros, só no reinado de D. Afonso II, e com o auxílio de uma frota de cruzados, a cidade foi definitivamente conquistada, tornando-se cabeça da Ordem de Santiago.

O passeio de barco da Rotas do Sal oferece um circuito a realizar junto às margens do rio Sado, uma das mais belas regiões naturais de Portugal, onde poderá apreciar a natureza e a paisagem da sua Reserva Natural, mas também conhecer a sua história, o seu património, a sua cultura, a sua gastronomia e as suas gentes.

A história associada ao porto palafítico da Carrasqueira, às típicas cabanas de colmo na região, às salinas da Batalha e à Cripta Arqueológica (Castelo) de Alcácer do Sal, são alguns dos conteúdos mais relevantes desta visita que nos levará a conhecer os aspectos mais interessantes do património histórico, cultural e natural de toda esta região inserida na Reserva Natural do Estuário do Sado, e fortemente marcada pela presença constante do rio Sado.

Alguns pontos da rota de Alcácer do Sal:

Porto de pesca palafitico da Carrasqueira (observação da natureza e fotos)
No estuário do Sado, a baixa-mar é muito vincada e os pescadores sentiam enorme dificuldade em transpor o lodo do leito para chegar às águas do rio. Em meados do século XX, alguns pescadores tiveram a ideia de construir um passadiço de madeira para ludibriar a natureza e aceder mais facilmente aos seus barcos. A actividade piscatória ficou enormemente facilitada.

O cais palafítico da Carrasqueira é um um lugar sereno, com um emaranhado de passadiços de madeira, totalmente artesanais, instalados sobre estacas; arrecadações onde se guardam as artes de pesca; e ainda os pequenos barcos pesqueiros A estrutura fora pensada para que os pescadores conseguissem transpor a barreira de lodo da baixa-mar e chegar aos seus barcos.

passeio de barco

Praia da Comporta
O areal da Praia da Comporta, localizado na Península de Troia, é muito procurado pelos veraneantes pela facilidade de acessos, aliado a um amplo espaço de estacionamento. A praia da Comporta é um espaço natural preservado, onde se conserva a vegetação dunar original, rodeada por pinhal, limitado pela Reserva Natural do Estuário do Sado.

O mar possui alguma ondulação, tem boas condições para a prática de kitesurf, realizando-se algumas competições.

Visita às salinas da Batalha (eventual observação de aves)
A região é importante produtora de sal, desde a época romana. O passeio de barco por Alcácer do Sal permite a visita às salinas da Batalha, ainda em funcionamento.

Este roteiro custa a partir de 20 € e o locl de encontro é a combinar. A Rotas do Sal é uma empresa de turismo e actividades lazer em Setúbal especializada em passeios de barco, roteiros turisticos no Estuario do Sado, observação de golfinhos e aves, provas de vinhos, eventos culturais.

Para conhecer nossos outros passeios de barco, entre em contacto connosco acedendo ao nosso site ou fazendo-nos uma visita no Mercado do Livramento, Av. Luísa Todi 163.

You May Also Like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Please wait...

Subscribe to our newsletter

Want to be notified when our article is published? Enter your email address and name below to be the first to know.