Norma Portuguesa 4523 – Turismo Acessível em Estabelecimentos Hoteleiros

Please follow and like us:
A Norma Portuguesa 4523 – Turismo Acessível em Estabelecimentos Hoteleiros, cuja 2ª edição foi publicada em julho de 2018, tem por fim promover boas práticas de serviço em estabelecimentos hoteleiros, com vista a definir um referencial de qualidade em matéria de:
– atendimento inclusivo (da forma como os serviços são prestados)
– acessibilidade do meio físico (das condições materiais para a prestação do serviço)
Esta norma nacional foi revista com o objetivo de responder às necessidades do mercado e disponibilizar ao setor do Turismo um instrumento de facilitação do encontro entre a “oferta” e a “procura” que forneça a todos os potenciais clientes uma indicação fiável de que são asseguradas condições para os acolher e que são disponibilizadas indicações claras e objetivas ao nível da infraestrutura e do atendimento.
Numa ótica de promoção de serviços turísticos de qualidade, a NP 4523:2018 define o referencial que permite ao estabelecimento hoteleiro proporcionar idêntica qualidade de serviços, privilegiar a autonomia do utilizador e pugnar pela manutenção da dignidade individual.
A acessibilidade é um fator de grande importância económica, tanto para o estabelecimento hoteleiro como para o destino turístico, atento o crescente número de clientes dos principais mercados emissores que precisam de acessibilidade, para si ou para os seus acompanhantes.
Muito embora as exigências definidas na legislação portuguesa fomentem a progressiva adaptação dos estabelecimentos hoteleiros e de outros recursos turísticos, assumir uma atitude proativa permite, neste contexto, ganhar vantagem competitiva e rentabilizar o investimento a que a lei já obriga.
O cumprimento dos requisitos da norma não dispensa a observância da legislação em vigor.
As normas nacionais são adquiridas junto do IPQ que também disponibiliza informação adicional sobre normalização.
A atividade de acreditação é da responsabilidade do Instituto Português de Acreditação (IPAC) e consiste na avaliação e reconhecimento da competência técnica de entidades para efetuar atividades específicas de avaliação da conformidade. O IPAC identifica as entidades acreditadas para eventual certificação segundo as normas em causa.

You May Also Like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Please wait...

Subscribe to our newsletter

Want to be notified when our article is published? Enter your email address and name below to be the first to know.